ARTIGOS

31 de Julho, 2023

Agosto – O Mês do Desapego

Bem-vindo Agosto! Com ele vem o Desapego!

Este ano 2023/7 + agosto/8 = 15/6 traz-nos o tema do Desapego!

Tanto se escreve sobre este tema, tanto falamos nele e diariamente é tão difícil de concretizar.

Este ano está a ser exigente pois as verdades vêm ao de cima, quer individuais, quer coletivas. Somos obrigados a saber quem somos, para onde queremos ir. E, para aqueles que andam à deriva desesperados nas suas dores, é hora de se encontrarem. Não há cura, não há paz, não há equilíbrio sem a consciência de que tudo está dentro de nós – e é esse grande tema que 2023/7 nos traz!

Assim, Agosto traz um tema mais pacifico, mais sereno, de estabilidade emocional, harmonia, equilíbrio e desapego. Por isso, teremos experiências para trabalharmos internamente, a serenidade, o equilíbrio, etc. Como se faz isto?

Assumindo a responsabilização do nosso processo, percebendo que tudo espelha o que temos de ver dentro, por isso, não teremos nada fora que não tenhamos dentro.

É hora de Sermos harmonia, de Sermos paz, de Sermos equilibrados…. Para que consigamos viver os nossos afetos em harmonia. Assim, seremos desafiados nos nossos afetos, família, amigos, etc – pois é aqui que vemos espelhado todas as nossas dores mas também tudo o que mais importa para nós.

E aqui, importa realçar que ninguém nos prende, ninguém nos limita. É fácil acharmos que estar casado, ter filhos, ter emprego, etc – nos limita e condiciona – mentira! Nós é que nos sentimos limitados e condicionados, pois a verdadeira liberdade prende-se pela FORMA como vivemos tudo e não pelas circunstâncias que temos na vida e/ou papéis. Neste ponto, começa o desapego, desapego a ideias, crenças, padrões, hábitos que nos limitam. Desapego de mágoas, ressentimentos, de perdas, de expectativas.

Só no verdadeiro desapego, encontramos a nossa Força, o nosso Poder Pessoal, afim de conseguirmos criar a vida que queremos. Caso contrário vivemos escravos de nós mesmos.

Neste mês, tem como prioridade equilibrar-te internamente, autoconheceres-te, assumir a coragem e a determinação necessária para teres uma vida plena e vive os teus afetos em plenitude! No inicio e no fim da meta, quem está contigo? Os teus, certo? Por isso, valoriza-os, não os dê como um dado adquirido!

A maior bênção é viver em família, com Amor!

Para te ajudar neste processo tens o alinhamento 8.8.

Partilha:

Helena Sousa

Ajudo-te a viveres a vida com sentido e significado, percebendo e conhecendo qual o teu caminho, através do estudo da data do teu nascimento e do teu nome, a par do estudo da tua genealogia.

Mais Artigos

Subscreve a Newsletter