ARTIGOS

2 de Maio, 2024

Maio – O mês da Libertação!

Bem-vindo Maio! O mês da libertação!

Como podemos ter Poder, força e concretizações com dependências e prisões internas?

Este mês traz-nos oportunidades para termos a coragem de olhar para dentro, de estarmos vigilantes às nossas formas de pensar e agir, pois na verdade esta fórmula P + S – A (P/o que eu penso + S/o que eu sinto – A/como ajo) é a chave da nossa libertação e da nossa prisão. SE tivéssemos consciência disto, viveríamos muito melhor, ou seja, viveríamos de acordo com o que realmente queremos, no entanto, o que queremos está num face da moeda e na outra face, consiste o que não queremos. Assim, para assumirmos este Poder interno, à nossa Força vital, à chama da nossa Vontade, à coragem e determinação, qualidades que todos temos – é-nos pedido para mudar formas de pensar, sentir e consequentemente agir, e isto exige auto-responsabilização pela nossa própria vida, por tudo o que nos aconteceu, acontece e acontecerá – pois só nesta responsabilização conseguimos alterar seja o que for, caso contrário somos vitimas de nós mesmos, presos a sistemas internos dolorosos que nos impedem de avançar. Desta forma, teremos oportunidades para crescer, aprender, fazer viagens internas e mesmo externas para que tenhamos consciência de que há mais mundo além do que sabemos, há mais caminhos, há mais possibilidades para manifestar o nosso Propósito de Vida.

Com os pés bem assentes na Terra, todos temos um lugar e quando temos consciência disto, de forma inevitável a vida traz-nos o que é para nós – mas atenção! Nada entra que não tenha espaço para isso! Por isso, se queremos receber da vida, ocupemos o nosso lugar pois só nesse lugar se cumpre o Propósito.

Neste ponto, fica a reflexão, ocupas o teu lugar? De que precisas de libertar para que vivas em Abundância? Atenção, que este ano é de retorno, de colheitas, por isso, semeia em Presença! Esforço, resiliência e paciência serão chaves de Ouro!

Partilha:

Helena Sousa

Ajudo-te a viveres a vida com sentido e significado, percebendo e conhecendo qual o teu caminho, através do estudo da data do teu nascimento e do teu nome, a par do estudo da tua genealogia.

Mais Artigos

Subscreve a Newsletter